segunda-feira, 23 de novembro de 2009

O NEGRO NA ATUALIDADE

A exclusão social faz com que os negros continuem lutando para integrar-se na sociedade.

Várias organizações são criadas visando estudar e lutar contra o preconceito e a discriminação racial. A realidade e pesquisas têm mostrado que estes continuam a existir , apesar dos avanços individuais de negros que nesta década conseguiram firmar-se como profissionais liberais. A maioria da população negra continua pobre e o trabalhador negro ainda continua recebendo menos que o branco quando executa um trabalho igual, conforme quadro ao lado.

Já em Sergipe, dentro da comemoração dos 300 anos da morte de Zumbi, foi reestruturado o Fórum de Entidades Negras, que é um espaço de articulação, reflexão e multiplicação das ações dos movimentos sociais negros em Sergipe, congregando cerca de dez diferentes entidades...

Ainda temos a Casa de Cultura Afro-Sergipana voltada para defesa, divulgação da questão do negro e combate a discriminação, e o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro, com sede na UFS, constituído por pessoas da comunidade universitária e a sociedade em geral, comprometidas com a questão do negro na sociedade brasileira.

Torna-se necessário o aprimoramento das políticas relacionadas a melhoria e valorização das condições de trabalho e especialmente dos negros, que continuam sendo as vítimas preferidas dos diversificados preconceitos. E a luta continua....

4 comentários:

  1. a pior coisa que eu não gosto é de raçismo
    de:s2carolinnes2

    ResponderExcluir
  2. o famoso preconceito racial é uma abominação aos olhos de Deus;e aos olhos do homem é um absurdo!

    ResponderExcluir
  3. Bem Deus fez todo mundo igual, então não era pra existi o preconcito contra a população negreira

    ResponderExcluir
  4. COncordo com todos! Negro branco não importa a cor, todos nós somos iguais diante dos olhos de DEUS e do s homens, mesmo que os homens não inxerguem isso.

    ResponderExcluir